PROART na Politécnica IV: Violões da UFRJ: Arranjo e prática da música brasileira

No próximo dia 10 de outubro (terça-feira), às 12h, a Escola Politécnica da UFRJ recebe o grupo “Violões da UFRJ: Arranjo e prática da música brasileira”, sob orientação de Celso Garcia de Araújo Ramalho, Bartolomeu Wiese Filho e Marcus Ferrer. A apresentação integra a iniciativa PROART na Politécnica, da Escola Politécnica da UFRJ e do Programa de Apoio às Artes (Proart), que prevê a realização de espetáculos, exposições e oficinas gratuitas, voltadas à comunidade acadêmica e também ao público externo ao longo do ano.

Tendo a música popular brasileira no repertório, o grupo contabiliza diversas apresentações nacionais e internacionais e se tornou referência pela consolidação artístico-acadêmica empreendida pelos discentes, docentes e funcionários envolvidos nas ações de ensino, pesquisa e extensão. Durante a trajetória, novos instrumentos passaram também a integrar o projeto, proporcionando uma maior diversidade de timbres e novas possibilidades de arranjos.

Atualmente, do grupo conta com a seguinte configuração: Daniel Xavier Haddad (bandolim), Wesley Luiz Lucas Damasceno (pandeiro), Jean Michel da Silva Barbosa (violão de seis cordas), Marcos José Santos Mendonça Júnior (cavaquinho), Francisco Soares (violão de seis cordas), Rafael Jorge da Silva (violão de seis cordas), Gabriel Tasso (violão de seis cordas).

Mais informações em: https://politecnicaufrj.wixsite.com/proartnapolitecnica.

Serviço:

“Violões da UFRJ: Arranjo e prática da música brasileira”

Data: 10 de outubro de 2023 (terça-feira)
Horário: 12h
Local: Auditório Horta Barbosa – Centro de Tecnologia (Av. Athos da Silveira Ramos, 149 – Bloco A)

Espetáculo de dança NUDAFRO | PROART na Politécnica-UFRJ

O Programa de Apoio às Artes da UFRJ (PROART) retorna à Politécnica em setembro, no dia 5 (terça), com um espetáculo de dança que celebra a negritude e propõe reflexões acerca desse e outros temas. A apresentação é aberta a todos, gratuita e começa às 13 horas no Auditório Horta Barbosa (Bloco A do Centro de Tecnologia da UFRJ).

O Coletivo NUDAFRO apresenta as performances Cura, Gira Ìyálodè: Odu Urbano, PerF^V e Originário, que trazem reflexões acerca dos saberes femininos, periféricos e do corpo preto, entrelaçando questionamentos sobre negritudes, pertencimento, afeto e autocuidado.

As performances buscam relatar atravessamentos diários vivenciados pelos artistas criadores e expressar na cena os caminhos e percepções encontrados no entrelaçar de diversas culturas e saberes urbanos.

O Coletivo NUDAFRO é formado por artistas e pesquisadores da UFRJ, parceiros de outros projetos e simpatizantes, originou-se do projeto Memória Corporal da Cultura Afro-Brasileira, ativo de 2003 a 2007.

Na encruzilhada de múltiplos saberes e experiências pesquisamos, refletimos e disseminamos práticas e pensamentos de dança contemporânea afroreferenciadas, com enfoque nos estudos da performance, práticas performativas afro-urbana-ancestral, corporeidade negra e elaboração cênica.

Ficha Técnica Coletivo NUDAFRO:
Direção geral: Tatiana Damasceno
Direção artistica: Luís Silva
Pesquisa de movimento: Mirian Miralles
Interpretação e criação: Ariane Mendonça, Larissa Souza, Maria Carol, Pedro Avlis e Rhaiane Silvestre
Produção e Fotografia: Rafaella Olivieri
Design e artes visuais: Nicoly Paixão

📌 Para mais informações sobre o PROART na Politécnica, acesse: https://politecnicaufrj.wixsite.com/proartnapolitecnica

Rio Construção Summit | O Ensino Superior e a Indústria da Construção Civil

21 de SET | 16H -17H | 60MIN

MESA REDONDA: O Ensino Superior e a Indústria da Construção Civil

Sala: ESPAÇO IEL

Debatedores:

Flávio Murilo de Gouvêa (Reitor – Universidade Estácio de Sá)

Cláudia Morgado (Diretora da Escola Politécnica da UFRJ)

João Whitaker (Diretor da Faculdade de Arquiteura e Urbanismo/USP)*

Francisco Cardoso (Professor e Presidente da Comissão de Graduação da Escola Politécnica da USP)

Moderador:

Vinicius Cardoso (Diretor de Educação da Firjan SENAI)

Mais informações: https://rioconstrucaosummit.com.br/programacao/

Finance Week UFRJ

Dos dias 28 a 30 de agosto, a Liga POLI/UFRJ irá realizar o Finance Week UFRJ. O evento será no Auditório da Naval (Bloco C-208 – Centro de Tecnologia)

Contando com a presença de palestrantes das maiores empresas do mercado financeiro brasileiro, o evento abordará diversos temas, como: fundo de investimentos, criptomoedas, carreira, macroeconomia, programação, private equity e presença feminina.

O Finance é um evento feito por alunos da UFRJ para alunos da UFRJ. Uma grande oportunidade de aprendizado e networking para aqueles que têm interesse em trabalhar no mercado financeiro.

A presença no Finance Week conta para horas complementares e também teremos coffee break! 

Inscrições no link: https://forms.gle/ugB8yDtdeKjvKEDu6

Mais informações: https://www.instagram.com/ligapoliufrj/

Grupo de choro da UFRJ se apresenta na Escola Politécnica nesta quarta-feira (16/8)

Nesta quarta-feira (16/8), às 13h, a Escola Politécnica da UFRJ recebe o grupo de choro da UFRJ Sôdade Brasilis, através do projeto Ópera na UFRJ, da Escola de Música da UFRJ. A apresentação integra a iniciativa PoliArtes, da Escola Politécnica da UFRJ e do Programa de Apoio às Artes (Proart), que prevê a realização de espetáculos, exposições e oficinas gratuitas, voltadas à comunidade acadêmica e também ao público externo ao longo deste ano.

O grupo de choro busca as influências musicais da Belle Époque (1870-1930) presentes nas práticas musicais urbanas contemporâneas, destacando os gêneros musicais, então em voga, como a valsa, a polca, o tango, o maxixe, o choro e o samba.

Atuante desde 2008, o Sôdade Brasilis fomenta a vivência discente junto ao cenário musical operante na região metropolitana do Rio de Janeiro, impulsionando diálogos e interações extramuros aos campi universitários, incluindo os Mestres dos Saberes Populares, também conhecidos como Velhos Chorões, no intuito de promover e difundir mútuos benefícios artístico-educacionais.

Em memória a Manézinho da Flauta, o grupo interpreta “Saudade”, obra desse grande compositor. Com a participação de seu neto, também flautista.

Mais informações em: https://politecnicaufrj.wixsite.com/proartnapolitecnica

Serviço:

Sôdade Brasilis
Data: 16 de agosto de 2023 (quarta-feira)
Local: Auditório Horta Barbosa, Av. Athos da Silveira Ramos, 149 – Bloco A – Cidade Universitária.
Horário: 13h
Entrada franca

Engenharia de Produção UFRJ: celebrando 50 anos de história

Participe da comemoração dos 50 anos do curso de Engenharia de Produção da Politécnica-UFRJ!

A Direção da UFRJ, a Escola Politécnica, o Departamento de Engenharia Industrial e a Coordenação do curso de Engenharia de Produção convidam todos os professores, egressos, alunos e demais interessados em fazerem parte dessa celebração.

A abertura do evento acontecerá no dia 8 de agosto, a partir das 9 horas, no Salão Nobre da Decania do Centro de Tecnologia. Mais detalhes sobre a programação, acesse: @engpro50anos

Seminário vai debater mudanças na lei do estágio

Depois de 15 anos de vigência, a Lei do Estágio (Lei 11.788/2008) merece ser amplamente debatida para uma revisão que venha a corrigir suas falhas. Um dos pontos que mais precisam de atenção é o limite de 30 horas semanas de prática nas empresas, o que tende a prejudicar a necessária conciliação entre essa experiência e o estudo universitário. Para debater essa questão e propostas de aprimoramento do texto legal, bem como iniciativas que possam melhorar a formação dos alunos, o Clube de Engenharia, através da Secretaria de Apoio ao Estudante (SAE), em parceria com a Academia Nacional de Engenharia (ANE) e o CREA-RJ, vai realizar no dia 7 de agosto, às 17h, um seminário com a participação de representantes do campo acadêmico, das empresas e dos estudantes.

Inscreva-se AQUI.

O link da transmissão será enviado por e-mail a quem se inscrever.

Fonte: https://portalclubedeengenharia.org.br/event/seminario-vai-debater-mudancas-na-lei-do-estagio/

Escola Politécnica recebe os espetáculos “O Ensaio de Ópera” e “A Cartomante”

Apresentações fazem parte de iniciativa vinculada à Escola Politécnica e ao Proart de levar atividades culturais à comunidade acadêmica

Nesta segunda-feira (3/7), às 13h, a Escola Politécnica da UFRJ recebe os espetáculos “O Ensaio de Ópera”, de Albert Lortzing, e “A Cartomante”, de Eduardo Frigatti, através do projeto Ópera na UFRJ, da Escola de Música da UFRJ. As apresentações integram a iniciativa PoliArtes, da Escola Politécnica da UFRJ e do Programa de Apoio às Artes (Proart), que prevê a realização de espetáculos, exposições e oficinas gratuitas, voltadas à comunidade acadêmica e também ao público externo ao longo deste ano.

Com a direção-geral de Lenine Santos, “O Ensaio de Ópera” aposta na metalinguagem para desenvolver uma comédia sobre o próprio universo operístico, em um divertido singspiel (subgênero que alterna diálogos e trechos cantados) no qual um nobre, apaixonado pelo gênero, coloca seus empregados para encenar um espetáculo. Já ‘A Cartomante’, uma das finalistas do concurso instituído em 2022 pelo Fórum Brasileiro de Ópera, é baseada num famoso conto de Machado de Assis.

Fruto de uma parceria que envolve a Escola de Música, a Escola de Comunicação, a Escola de Belas Artes e o Fórum de Ciência e Cultura, o Projeto Ópera na UFRJ integra professores e alunos de áreas como artes cênicas, cenografia, direção teatral, figurino, indumentária, música, produção, visagismo, regência coral e orquestral, além de mais de 150 elementos da Orquestra Sinfônica da UFRJ.

Serviço:

Evento: Espetáculos “O Ensaio de Ópera” e “A Cartomante”
Data: 3 de julho de 2023
Local: Auditório Horta Barbosa, Av. Athos da Silveira Ramos, 149 – Bloco A – Cidade Universitária.
Horário: 13h
Entrada franca

Cerimônia para a concessão de título de Professor Emérito ao Prof. Paulo Alcântara Gomes

O ex-reitor da UFRJ e professor aposentado da Escola Politécnica Paulo Alcântara Gomes teve o seu nome aprovado por unanimidade pelo Conselho Universitário para receber o título de emérito da instituição. A cerimônia de emerência será conduzida pelo reitor da UFRJ em exercício, Carlos Frederico Rocha, no dia 30 de junho, a partir das 14h, no Salão Nobre do Centro de Tecnologia.

Graduado em Engenharia Civil pela antiga Escola Nacional de Engenharia, atual Escola Politécnica, e com mestrado e doutorado em Ciências em Engenharia Civil, ênfase em Estruturas pela Coppe/UFRJ, Paulo Alcântara ocupou diversas funções ao longo de sua trajetória na UFRJ, entre elas: chefe de Departamento de Mecânica Técnica da Escola de Engenharia (1975-1977), atual Departamento de Estruturas; coordenador do Programa de Engenharia Civil da Coppe (1976); diretor da Coppe (1978-1982); diretor-adjunto para o Desenvolvimento Tecnológico e para Novos Empreendimentos da Escola de Engenharia (1982-1985); vice-diretor da Escola de Engenharia (1982-1985); sub-reitor de Ensino para Graduados e Pesquisa (1985-1991); vice-Reitor (1991-1994) e reitor da UFRJ (1994 e 1998).

Recebeu diversas condecorações e prêmios, entre eles: Medalha da Ordem do Mérito Científico; a Ordem das Palmas Acadêmicas, do governo da França; e o prêmio Manuel Rocha, concedido pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil de Lisboa a pesquisadores e engenheiros.

Além disso, também participou dos Conselhos de Ensino de Graduação (CEG), do Conselho de Ensino para Graduados e Pesquisa (CEPG) e do Conselho Universitário. Foi presidente do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, presidente da Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro, presidente da ABENGE e da Associação Brasileira de Educação em Engenharia.

A cerimônia será transmitida ao vivo pelo canal da Escola Politécnica da UFRJ no YouTube.

Saiba mais sobre o homenageado: https://politecnicaufrj.wixsite.com/pauloalcantara